RUA 7 DE SETEMBRO, SÃO ROBERTO-MA

23/07/2017

Mundo sem SAMEAMEMTO


Mais da metade da população mundial não tem acesso a saneamento básico, diz ONU

Esta é a primeira vez que a OMS e o Unicef fazem um levantamento global sobre água, saneamento básico e higiene.

Fonte: Da ONU NewsData de publicação: 12/07/2017Tags: MetadeONUPopulaçãoSaneamento básico

As condições de saneamento em várias partes do mundo são muito precárias. (Foto: Unicef/Prashanth Vishwanath)

Da ONU News

Cerca de 4,5 bilhões de pessoas no mundo – bem mais da metade da população global atual de 7,6 bilhões de habitantes – não têm acesso a saneamento básico seguro, segundo relatório recente divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Já a quantidade de moradores do planeta com algum saneamento básico é de 2,3 bilhões. A informação é da ONU News.

O documento das Nações Unidas indica ainda que o número de pessoas sem acesso à água potável em casa é de 2,1 bilhões em todo o mundo. Esta é a primeira vez que a OMS e o Unicef fazem um levantamento global sobre água, saneamento básico e higiene.

O diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus afirmou que água potável encanada, saneamento e higiene não deveriam ser privilégios apenas daqueles que vivem em centros urbanos e em áreas ricas. Para ele, os governos são responsáveis por assegurar que todos tenham acesso a esses serviços.

Esgoto tratado

Desde 2000, quando foi lançada a agenda dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, bilhões de pessoas ganharam acesso à água potável e saneamento, mas esses serviços não garantem necessariamente o saneamento seguro, aquele que é ligado a uma rede de esgoto tratado.

Esse quadro gera doenças que podem ser mortais para crianças com menos de cinco anos de idade.

Todos os anos, mais de 360 mil menores morrem de diarreia, uma doença evitável. Já o saneamento mal feito pode causar cólera, disenteria, hepatite A e febre tifóide, entre outros problemas.

O diretor-executivo do Unicef, Anthony Lake, disse que ao melhorar esses serviços para todos, o mundo dará às crianças a chance de um futuro melhor.

Em 90 países, o avanço na área de saneamento básico é muito lento, o que leva a crer que a cobertura universal não será alcançada até 2030, quando se encerra o prazo para cumprimento da Agenda 2030, que estabelece os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, que devem ser implementados por todos os países até aquele ano.

Latrinas compartilhadas

Dos 4,5 bilhões de pessoas sem acesso a esgoto tratado, 600 milhões têm que compartilhar um toalete ou uma latrina com moradores de outros lares. Já o número de pessoas que defecam a céu aberto é de 892 milhões. Devido ao aumento da população, essa situação tem crescido na África Subsaariana e na Oceania.

O relatório indica ainda que, em países que passam por conflitos, as crianças têm quatro vezes menos chance de usar serviços de abastecimento de água e duas vezes menos de ter o saneamento básico que crianças em outros países.

Os serviços de água potável, saneamento básico e higiene são essenciais para que o mundo alcance o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 3: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar de todos

200 mil para ser NEGA

Alemã gasta R$ 200 mil para ter pele negra

A ex-aeromoça alemã Martina Big, de 28 anos, colocou grande quantidade de silicone e diz ter o maior par de seios na Europa.

Fonte: ExtraData de publicação: 17/07/2017Tags: Martina Big

120

Uma modelo branca que gastou 50 mil libras em cirurgias plásticas compartilhou um vídeo numa rede social sobre sua primeira visita a Los Angeles, nos Estados Unidos, como “uma mulher negra”.

A ex-aeromoça alemã Martina Big, de 28 anos, colocou grande quantidade de silicone e diz ter o maior par de seios na Europa. Ela também usou injeções de bronzeamento na pele, além de uma mesa de bronzeamento artificial própria para conseguir a cor que exibe agora. Segundo Martina, seu maior sonho era “ter a pele escura e ver até onde iam os limites para isso”.

No vídeo, Martina está na frente do letreiro de Hollywood vestida com um biquíni com estampa de onça. “A última vez em que eu visitei o letreiro tinha cabelo loiro e pele branca… E agora eu sou uma mulher negra com cabelo africano”, diz a modelo.

Com mais de 1 mil compartilhamentos, o vídeo recebeu vários comentários negativos por causa da transformação feita pela modelo. Martina respondeu que vai continuar fazendo modificações no corpo até “sobrar apenas a pura mulher negra” dentro dela.

“Eu não entendo muitos comentários. A minha transformação foi há 7 meses. Eu sou agora uma mulher negra de verdade e isso não muda nada. Por que vocês não podem aceitar isso? Posso sentir claramente que sou negra agora. Ainda existem algumas sutilezas, mas vou continuar minha transformação até sobrar apenas a pura mulher nega

Mistério na morte de EDUARDO CAMPO

O esquema do PSB

Empresário revela que avião que matou o ex-governador Eduardo Campos tinha um amigo do presidenciável como proprietário oculto

Fonte: Thiago BronzattoData de publicação: 22/07/2017Tags: Eduardo Campos

Foto: Reprodução

Em meados de 2014, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, do PSB, começava a ganhar espaço na disputa eleitoral à medida que se desgarrava do PT e se apresentava como uma alternativa numa disputa polarizada entre tucanos e petistas. A “terceira via” chamava a atenção dos brasileiros, sobretudo porque o PSB passava ao largo do escândalo de corrupção da Petrobras. Mas a rota de Campos e de seu partido mudou radicalmente em agosto de 2014, quando o jatinho Cessna Citation 560, que transportava o candidato a presidente, caiu em Santos, no litoral paulista. A tragédia ceifou a vida do ex-governador. Pouco tempo depois, veio à tona uma pergunta que começou a tisnar a imagem de Campos e do partido: de quem era, afinal, o avião usado pelo candidato a presidente? Após quase três anos de investigação da Polícia Federal, um delator resolveu por um ponto final no mistério: o proprietário oculto era Aldo Guedes Álvaro, amigo de Eduardo Campos, seu braço-direito e ex-assessor

VISTORIA ESCOLARES PELO GOVERNO

Governo vistoria obras em escolas das regiões Tocantina, Sul e Centro maranhense

Equipe da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vistoriou, na quinta (20) e sexta-feira (21), obras e serviços do Governo do Estado em unidades escolares de 10 municípios

Fonte: Governo do EstadoData de publicação: 22/07/2017Tags: EducaçãoFelipe Camarão

Foto: Reprodução

Equipe da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vistoriou, na quinta (20) e sexta-feira (21), obras e serviços do Governo do Estado em unidades escolares de 10 municípios, localizados nas regiões Tocantina, Sul e  Centro maranhense. A agenda também incluiu a entrega de uniformes, mobiliário e diálogo com gestores escolares.

No município de Dom Pedro, o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, e equipe entregou, na quinta-feira (20), materiais permanentes, como fogão e bebedouro, à comunidade escolar do Centro de Ensino (C.E.) Gov. Luiz Rocha.

Em seguida, no município de Barra do Corda, a equipe vistoriou o Núcleo de Educação Integral Professor Raimundo José Pereira da Silva, que deverá ser entregue nas próximas semanas. Construído pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), sob o comando do secretário Clayton Noleto, o prédio conta com quadra esportiva, auditório, biblioteca e laboratórios de química, biologia e física, além de salas de descanso para os professores, para os alunos, ambulatório, banheiros, sala de professores, almoxarifado e sala de direção. Um investimento de R$ 4 milhões.

Em Sítio Novo, já na região Tocantina, a gestão estadual reiniciou, na quinta-feira, a construção de quatro escolas da rede municipal, em regime de colaboração com o município. “É mais um compromisso do governador Flávio Dino cumprido. Em Sítio Novo, temos agora quatro escolas dignas sendo construídas e a reforma da escola estadual Parsondas de Carvalho”, destacou o secretário Felipe Camarão.

No município de Montes Altos, a equipe do governo, acompanhada do deputado Marco Aurélio, vistoriou as obras da escola da rede estadual, também chamada de Parsondas de Carvalho. Na mesma região, no município de Ribamar Fiquene, o governo está construindo a primeira escola do Estado na cidade, que terá também uma quadra poliesportiva, os serviços foram vistoriados e estão bem avançados.

Imperatriz e região

Em Imperatriz, o governo entregou, na sexta-feira (21), 330 uniformes aos alunos do programa Bombeiro Mirim. A entrega do fardamento foi realizada pelo secretário Felipe Camarão na sede do 3º Batalhão de Bombeiros Militar, com a presença de autoridades, oficiais, pais e alunos. “É mais um compromisso do governador Flávio Dino, atendendo um pedido da câmara de vereadores, que solicitou a entregas dos uniformes do projeto Bombeiro Mirim”, enfatizou o secretário.

Ainda na cidade, o governo realizou o encontro regional Mais IDEB, com a participação de 160 pessoas entre gestores gerais, adjuntos e auxiliares, representantes dos pais e do grêmio estudantil de 37 centros de ensino dos 15 municípios da região, incluindo Imperatriz. O evento faz parte da programação do Plano Mais IDEB e acontece até o dia 26 nas 19 Unidades Regionais de Educação (URE`s). “Nossa principal meta é elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)”, disse o secretário aos gestores.

“Nosso governador Flávio Dino tem a preocupação com a melhoria dos índices educacionais. Nunca se investiu tanto em educação como neste governo. Portanto, temos condições de melhorar os resultados e isso com a participação de todos”, ressaltou a gestora Orleane Evangelista de Santana, da regional de Imperatriz.

O secretário Felipe Camarão e o deputado estadual, Marco Aurélio, vistoriaram também a reforma do CE Francisco Alves II, em Davinópolis, que beneficiará 680 alunos e conta com 7 salas de aulas, sala de diretoria, sala de professores, laboratório de informática, sala de recursos multifuncionais para Atendimento Educacional Especializado (AEE), quadra de esportes, cozinha, biblioteca, pátio coberto, entre outros.

“Estamos vistoriando construções e reformas de escolas e fazendo entrega de uniformes na região. Temos como alvo recuperar toda a rede física escolar do Estado, dentro do Programa Escola Digna, que pressupõe, também, a construção de escolas para as redes municipais, em colaboração com os municípios. Na rede estadual já foram mais de 620 escolas que receberam algum tipo de intervenção. Isso será um processo contínuo até o final do mandato do governador Flávio Dino”, disparou Felipe Camarão.

A equipe da Seduc vistoriou também a obra de reconstrução do CE Padre João Batista Teixeira (Bandeirantes), no município de Amarante, que está sendo realizada pela Sinfra. Também recebeu vistoria a obra do CE Prof Carlos Alberto Monteiro de Macedo, no município de Lajeado Novo. A agenda finalizou em Açailândia com vistoria às reformas de escolas na cidade.

Aumento de GASOLINA

Sindcombustíveis diz que é inevitável o repasse do aumento de impostos para consumidor final

Em nota, o Sindicato dos Distribuidores de Combustíveis (Sindcombustíveis) disse que o repasse desse aumento de imposto é inevitável.

Fonte: Aquiles EmirData de publicação: 22/07/2017Tags: aumento combustívelpush

Foto: Reprodução

Os postos de combustíveis reajustaram em mais de 17% os seus preços, neste sexta-feira (21), data em que passou a vigorar as novas alíquotas do PIS e Cofins sobre gasolina, óleo diesel e etanol. Nas primeiras horas da manhã, em vários deles ainda era possível encontrar gasolina a menos de R$ 3,00, porém no final da tarde todos já estavam com valores atualizados e o preço médio passou a ser R$ 3,50, havendo alguns onde o combustível chegou a R$ 3,89.

Em nota, o Sindicato dos Distribuidores de Combustíveis (Sindcombustíveis) disse que o repasse desse aumento de imposto é inevitável, até porque “a revenda de combustível é um dos setores do comércio que trabalha com as menores margens de lucro devido à grande concorrência entre as empresas”. Por outro lado, o Instituto de Defesa e Proteção do Consumidor (Procon) prometeu intensificar as fiscalizações a fim de evitar abusos, com repasses acima do que foi fixado pelo governo federal.

Com o reajuste das alíquotas do PIS/Cofins, a contribuição subirá de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 para o litro da gasolina e de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 para o diesel nas refinarias. Para o litro do etanol, a alíquota passará de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor. Para o distribuidor, a alíquota, atualmente zerada, aumentará para R$ 0,1964.

Economia – A Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), diante deste cenário, orienta os consumidores sobre gastos.

“Repense o uso do carro em determinadas situações, já que nem sempre é preciso fazer tudo com ele. Otimize as viagens, pegando ou oferecendo carona e fazendo rodízios com colegas de trabalho e amigos”, orienta Reinaldo Domingos, presidente da entidade.

Confira sete orientações para economizar combustível:

Analise a necessidade de fazer tudo com o carro; realizar algumas caminhadas, além de ser saudável, pode gerar boa economia;Alterne o uso do carro com o transporte público, assim terá diminuição no orçamento mensal no que se refere a gastos com locomoção;Ofereça e pegue caronas com familiares, amigos e colegas de trabalho sempre que possível. Assim, além da economia, há maior sociabilização;Dirija e utilize o veículo com consciência. Algumas ações geram maior consumo de combústivel, como manter o ar-condicionado ligado e trocar de marcha na velocidade inadequada;Abasteça em postos de sua confiança, garantindo a qualidade da gasolina que está comprando;Mantenha os pneus calibrados, pois se estiverem abaixo do recomendado pelo fabricante, há resistência na rolagem e o carro consume mais combustível. Isso sem contar o desgaste dos pneus, que são caros;Mantenha o carro sempre revisado, pois um motor mal regulado pode gastar mais combustível. Assim também evita imprevistos que podem estourar as finanças

Justificativa – Confira o teor da nota do presidente do Sindcombustíveis, Orlando Santos (foto), sobre os impactos do aumento do imposto nos preços dos combustíveis:

Neste cenário de grandes dificuldades que o país atravessa, o Sindcombustíveis-MA vê com grande preocupação a elevação de impostos anunciada pelo governo federal. O aumento do PIS/Cofins, na dimensão em que foi realizado, mais que dobrando seu valor no caso da gasolina, terá inevitavelmente  grande e imediato reflexo nos preços. Se por um lado as distribuidoras de combustíveis em geral repassam os aumentos de impostos com agilidade, por outro a margem de lucro praticada pela ampla maioria dos postos é menor que o próprio aumento.

A revenda de combustível é um dos setores do comércio que trabalha com as menores margens de lucro devido à grande concorrência entre as empresas. Num cenário de recessão há mais de dois anos, grande parte dos postos opera com estoques baixos, devido ao alto custo do capital de giro. Assim, a renovação de estoque é feita praticamente todos os dias.

Salientamos, ainda, que a carga de impostos sobre os combustíveis no Brasil já é extremamente pesada. No caso da gasolina, os tributos estaduais e federais representam cerca de 50%.

Entendemos, por fim, que o aumento da carga tributária é especialmente prejudicial num quadro de recessão, pois transfere recursos do setor privado para o público. Perdem todos. Empresas, consumidores e a sociedade

Morre José Clarindo ( Zeza)

Morre nesta manhã em São Roberto Jose Clarindo da Silva,por volta das 10;00 Deixa 13 filhos 8 mulheres e 5 homens e esposa e 27 netos e 1...