Postagens

Mostrando postagens de Maio 13, 2017

ESTRADAS PELO MARANHÃO

Imagem
A própria população da cidade tenta tornar uma estrada trafegável. Prefeito não foi localizado para comentar o assuntoESTRDASAVídeos enviados ao ATUAL7 mostram o descaso da Prefeitura Municipal de Turilândia com a zona rural, especialmente com uma estrada que liga os povoados Nova Brasília, Fé em Deus, Santaninha, Santaninha Grande, Cipoal e Cipoal de Dentro à MA-106. Desde janeiro de 2012, a cidade é administrada pelo prefeito Alberto Magno Serrão Mendes, do PCdoB. Nas gravações, feitas recentemente, é possível ver a dificuldade de populares e motoristas para trafegar na estrada, que está totalmente tomada por um lamaçal. Motos e carros que tentam passar pelo local acabam ficando atolados. A própria população, inclusive, cansada de esperar pela gestão do comunista, é quem tenta tornar a estrada trafegável, desde o início desta semana. Até mesmo crianças participam da ação. A reportagem tentou contato direto com o pr…

Roseana tem confirmação de desbloqueio de bens, mas ainda é ré no Caso Sefaz

Imagem
Ex-governadora é acusada de participar de suposto esquema fraudulento que causou prejuízo de mais de R$ 400 milhões aos cofres públicos

A ex-governadora e pré-candidata ao Senado Federal pelo Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), conseguiu, nesta sexta-feira 12, a confirmação do desbloqueio de todos os seus bens. A decisão é das Câmaras Criminais reunidas do Tribunal de Justiça estadual, que julgaram o mérito do mandato de segurança impetrado pela peemedebista no processo relacionado ao célebre Caso Sefaz Embora tenha comemorado a vitória, Roseana ainda é ré no processo que corre na 8ª Vara Criminal de São Luís, de responsabilidade da juíza Oriana Gomes. No final de abril, a ex-governadora teve pedido negado pela magistrada, que não aceitou os argumentos apresentados pela peemedebista e não vislumbrou qualquer possibilidade de absolvição sumária solicitada por ela nas respostas às acusações do Ministério Público. Segundo o Parquet, Roseana Sarney e outras nove pessoas causaram um prejuízo…

Flávio Dino surfa em falsa candidatura de Roseana

Imagem
Governador tenta repetir 2014, quando blefe da peemedebista fez ruir o clã Sarney no MaranhãoHÁ 15 HORAS O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), saiu novamente na frente de seus principais adversários e criou uma estratégia que pode garantir com tranquilidade sua reeleição em 2018: surfar na onda da falsa candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB). Pilhada em quase uma dezena de processos de corrupção, e com altíssimos índices de rejeição, a peemedebista não pretende disputar o Palácio dos Leões novamente. No máximo, sonha com o retorno ao Senado Federal, o que também não é certo, já que até lá pode já ter parado na cadeia e por seu irmão e ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), com o apoio do pai, José Sarney (PMDB-AP), ser o ungido natural do clã para a vaga. Como o comunista tem conhecimento de que Roseana tem medo e não vai enfrentá-lo nas urnas, ele tenta repetir 2014, quando a ex-gov…

Marqueteiros revelam os bastidores de atritos entre Dilma e Lula

Imagem
Santana e Mônica relataram que Lula queria ser candidato em 2014 e que jogava contra Graça Foster na Petrobras por estar 'fechando a torneira' da estatal
Ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva em evento em Monteiro, na Paraíba (Ricardo Stuckert/Instituto Lula) No acordo de delação premiada, o casal de publicitários João Santana e Mônica Moura revelou os bastidores dos atritos entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff no ano de 2014, quando foi deflagrada a primeira operação da Lava Jato. Segundo o relato dos marqueteiros, os dois não se entendiam em três pontos principais: a escolha de Graça Foster para a presidência da Petrobras — Lula reclamava que ela estava “fechando a torneira” para as empreiteiras; a condução da política econômica do país pelo ministro da Fazenda Guido Mantega — Lula queria trocá-lo por Henrique Meirelles; e a decisão de Dilma de querer disputar a reeleição em 2014 — Lula já pretendia naquele ano tentar o terc…

Dilma deu calote de 20 milhões de reais, diz João Santana

Imagem
Em delação premiada, marqueteiro conta que a presidente pediu a Guido Mantega que acertasse os pagamentos referentes às campanhas de 2010 e 2014 A ex-presidente Dilma Rousseff recebe orientação do marqueteiro João Santana durante intervalo do debate presidencial da TV Record em 2014 (Eduardo Knapp/Folhapress) Em um dos depoimentos de sua delação premiada na Lava Jato, o marqueteiro João Santana acusou a ex-presidente Dilma Rousseff e o PT de lhe darem um calote no valor de 20 milhões de reais. Segundo Santana, o montante deveria ter sido pago pelos serviços prestados durante as campanhas de 2010 e 2014, que tiveram Dilma como candidata à presidência. O pagamento seria feito via caixa dois. Santana conta que, em maio de 2014, Dilma disse a ele que havia encontrado uma solução para quitar os valores de 2010 que ainda não haviam sido pagos. Ela iria tirar o tesoureiro João Vaccari da negociação e substituí-lo por alguém de sua confiança, o então ministro da Fazenda Guido Mantega. Segund…