Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

APROVAÇÃO NA CAMARÁ DE VERAADORES EM SÃO ROBERTO( LEI DO DETRAM)

Imagem

Odebrecht entrega extratos ligados a reunião com Michel Temer em 2010

Imagem
A Odebrecht apresentou à Lava Jato extratos que seriam de pagamento de propina vinculada por delatores a uma reunião com o presidente Michel Temer em 2010, de acordo com a Folha. Os valores superam os US$ 40 milhões que, segundo ex-executivos, tiveram o repasse acertado em encontro com o hoje presidente, em seu escritório político paulistano.
A propina é ligada, de acordo com a Odebrecht, a um contrato internacional da Petrobras, o PAC-SMS, que envolvia certificados de segurança, saúde e meio ambiente em nove países onde a estatal atua. O valor inicial era de US$ 825 milhões.De acordo com documentos referentes ao PAC-SMS, apresentados pela Odebrecht, os repasses foram feitos entre julho de 2010 e dezembro de 2011. Os extratos atingem US$ 54 milhões, mas a soma de planilhas anexadas chega a US$ 65 milhões.
A Odebrecht reuniu mais de 50 depósitos em offshores fora do Brasil que vão de US$ 280 mil a US$ 2,3 milhões. Para realizá-los, o setor de operações estruturadas, área responsável por …

Ataque talibã deixa 148 mortos no Afeganistão

Imagem
Talibãs estavam vestidos com uniformes militares e conseguiram atacar a base do Exército na província de Balkh
São 138 mortos e 64 feridos, além dos dez atacantes que também faleceram (veja.com/VEJA) Dez talibãs vestidos com uniformes militares atacaram uma base do Exército na província de Balkh, uma das mais seguras de Afeganistão. De acordo com informações de uma fonte militar, são 138 mortos e 64 feridos, além dos dez atacantes que também faleceram. O governo afegão, que tem sido muito cauteloso ao divulgar número total de vítimas, confirmou hoje que a quantidade de mortos e feridos é grande. “Dez insurgentes, incluído, dois atacantes suicidas que se sacrificaram, também morreram”, afirmou um porta-voz do Ministério de Defesa do Afeganistão, Dawlat Wazir O ataque, que durou cerca de seis horas, teve início pouco depois do meio-dia, quando os soldados deixavam a mesquita após as orações de sexta-feira, em um quartel localizado no distrito de Dehdadi. Os insurgentes estavam vestidos …

PRINCIPAIS NOMES POLITICO NO SE PRESO REFERIAM JUNTOS 2.527 ANOS

Imagem
2.527 anos de prisão


Para réus, denunciados e investigados pela Lava Jato, o emprego da lógica matemático-penal é como o tempo: implacável. Senão vejamos: se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fosse condenado por todos os crimes pelos quais é acusado na Justiça, ficaria de 519 a até incríveis 1.795 anos na cadeia. Usando o mesmo critério, o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), poderia amargar até 247 anos na prisão. Sua pena mínima seria de 60 anos. Já o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), não ficaria menos do que 39 anos no cárcere, podendo alcançar 170. Um grupo multipartidário de cinco expoentes políticos analisados por ISTOÉ não registra cifras menos assustadoras. Somadas, suas penas podem variar de 678 anos a fenomenais 2.527 anos no xilindró. Claro que o cálculo é hipotético pois, no Brasil, ninguém fica mais de 30 anos na prisão. Mas o turbilhão Odebrecht aumentou em muito o tamanho do risco jurídico-emocional que corrói a classe política, c…

Ex-prefeita 'ostentação' tem direitos políticos suspensos por cinco anos

Imagem
Justiça ainda condenou Lidiane Leite com o pagamento de multa no valor de cem vezes o salário que recebia como prefeita. A defesa disse que vai recorrer da decisão. Por G1 Maranhão

Pedreiras: Vereadores aprovaram a criação de mais uma Secretaria Municipal

Imagem
por Sandro Vagner Foto: Sandro VagnerA principal matéria discutida e aprovada na sessão da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (20), foi o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo, que cria a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito. Após voltar das comissões, o Vereador Totinho Sampaio pediu vista, que após colocado em votação, apenas três parlamentares concordaram com o vereador. Mesmo tendo o pedido de vista desaprovado, o Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade, inclusive pelo próprio Totinho Sampaio. Vereador Totinho Sampaio (REDE)/Foto: Sandro VagnerTocador de áudio 00:00 01:04

ARNOLD SCHWARZENEGGER

Imagem
ARNOLD SCHWARZENEGGER CHEGA A HOTEL EM SPAtor veio ao Brasil para participar da nova edição do Arnold Classic
Arnold Schwarzenegger foi fotografado em São Paulo no início da manhã desta sexta-feira (21). O ator foi visto chegando ao hotel em que ficará hospedado, na região sul da cidade. Ele veio ao Brasil para participar da edição 2017 do Arnold Classic, que acontece pela primeira vez em São Paulo. O evento fitness será realizado entre os dias 21 a 23 de abril, no Transamérica Expo Center. O ator havia desembarcado no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), antes de amanhecer. Arnold Schwarzenegger (Foto: Manuela Scarpa/Brazil News) Arnold Schwarzenegger (Foto: Manuela Scarpa/Brazil News) Arnold Schwarzenegger (Foto: Manuela Scarpa/Brazil News) Arnold Schwarzenegger (Foto: Francisco Cepeda/AgNews) Arnold Schwarzenegger (Foto: Francisco Cepeda/AgNews) Arnold Schwarzenegger (Foto: Francisco Cepeda/AgNews)

EXÉRCITO FOI DECRETADO SOBRE ESTADO DE DEFESA NO IMPEACHMENT DE DILMA

Imagem
Exército foi sondado para decretar estado de defesa, diz general Segundo o general Eduardo Villas Bôas, politicos de esquerda fizeram a consulta nos dias que antecederam o impeachment de Dilma Rousseff

Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, comandante do Exército (Cristiano Mariz/VEJA) O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, revela em entrevista a VEJA que a instituição foi sondada e rechaçou a hipótese de apoiar a decretação de estado de defesa nos dias tensos que antecederam o impeachment de Dilma. Villas Bôas não diz quais foram os políticos que fizeram a consulta, mas reconhece que as Forças Armadas ficaram  “alarmadas” com a perspectiva de serem empregadas para “conter as manifestações que ocorriam contra o governo”. “Nós temos uma assessoria parlamentar no Congresso que defende nossos interesses, nossos projetos. Esse nosso pessoal foi sondado por políticos de esquerda sobre como nós receberíamos uma decretação do estado de defesa”, afirmou Villas Bôas. Na entrevista…